Problemas financeiros? 6 Dicas para sair dessa

A situação não anda lá muito boa para uma grande parcela da população, que já aflita e refém de algumas decisões e reformas políticas de funcionalidade bem duvidosa, ainda encontra dificuldades para conseguir se posicionar de forma “rentável” no mercado de trabalho. O resultado disso é o acúmulo de dívidas e problemas financeiros, por um motivo ou outro. Dê uma olhada nas iniciativas que você pode tomar para amenizá-las.

Simples, mas necessário

O primeiro passo é o mais básico, mas nem sempre aplicado. Caneta e caderninho na mão para anotar todos os gastos e todas as rendas do mês. O detalhamento das informações vai de cada um, tem gente que anota os cafezinhos nas padarias, se for do seu perfil, ok, se não for, sem problemas.

O importante é contabilizar o grosso de cada um dos dois, para começar a perceber onde está a sangria. Com as informações na sua frente, fica mais fácil de identificar o que pode ser removido, pelo menos por um tempo, e o que é essencial.

Consumo controlado

Com uma situação pouco confortável já há algum tempo, alguns sacrifícios devem ser feitos, pelo menos até que você melhore a situação. Sabemos que jantar fora costuma ser sempre uma boa experiência, mas fazê-lo com assiduidade dará uma bela esvaziada em sua carteira e conta bancária.

Zona de conforto e problemas financeiros definitivamente não combinam. Uma apertada no cinto agora será não apenas uma forma de economizar dinheiro, mas uma experiência de vida. Valorize os momentos mais simples, jantares caprichados em casa, esportes ao ar livre… Está parecendo uma mensagem de autoajuda, sabemos, mas tem muito a ver com uma situação econômica estável.

Foco nas dívidas

Deixar suas dívidas virarem monstros horripilantes é um dos piores comportamentos que você pode ter. Elas são suas prioridades. Se você tem dívidas com juros altos, procure pegar empréstimos com juros menores para quitá-las.

Família educada

Se enforcar para comprar objetos e coisas que extrapolam o orçamento para agradar aos familiares nunca é uma boa ideia. Seu parceiro ou parceira devem entender qual é a situação que você está vivendo no momento, assim como uma boa explicação aos filhos também deve resolver o problema

Isso influenciará também na educação das crianças, como você já pode imaginar. Se ganharem tudo que desejam, no momento em que desejam, não saberão como discernir as fases da vida em um futuro próximo.

Estipule metas

Se trabalhamos em algo que não estava em nossos sonhos quando éramos mais jovens, devemos ao menos estipular metas e desejos para realizar brevemente. Dessa forma, há motivação para buscar novos trabalhos e aumentar a renda, mesmo que alguns bicos, e também para guardar alguma quantia mensal.

Mantenha rendendo

Não encoste nos investimentos que você vem fazendo até agora, se for o caso. Removê-los para pagar contas é o mesmo que começar do zero, mantendo o problema financeiro a longo prazo. A melhor saída é arrumar meios de acertar as contas sem mexer em qualquer aplicação.

Aprenda a comprar na China, direto pela Internet, de um jeito seguro, e economize milhares de reais, assim como muitos brasileiros já estão fazendo

Aprenda a comprar na China, direto pela Internet.

O que acontece é que fica difícil guardar dinheiro quando os preços dos produtos estão muito altos. O único meio de economizar, nesse caso, é não comprando nada.
Como isso não é possível, já que existem necessidades que o ser humano precisa atender, deve-se optar por outros caminhos, como por exemplo, compras online na China.
As compras online têm feito muito sucesso, principalmente com toda essa disseminação da Internet, onde tudo acontece de forma rápida e fácil, e todos os produtos estão apenas a um clique de distância.

A compra é feita online

As lojas oferecem na Internet seus produtos da mesma forma que oferecem nas lojas físicas, ainda muitas vezes dando benefícios e descontos quando a compra é feita online.
Hoje em dia existem sites, apps e mais um monte de ferramentas que as marcas usam para vender seus produtos, e se fazer conhecidas no mundo todo.
Existe, porém, uma ferramenta que está sendo usada em vários lugares, por várias pessoas, e que tem cada vez mais ganhado espaço; essa ferramenta são as compras diretamente da China.
A China já é conhecida por ter preços menores, e isso acontece porque a mão de obra lá é abundante, o que a torna muito barata, e faz com que o custo para se realizar um produto lá seja bem menor do que em outro lugar qualquer do mundo.

Melhor e com um menor preço

É bom lembrar que o preconceito com o “made in china” não deve ser sustentado, pois muitas marcas originais têm filiais na China, para assim conseguir produzir melhor e com um melhor preço.
Sendo assim, muitas pessoas de todo o mundo, inclusive brasileiros, têm se aproveitado e adquirido coisas diretamente da China, por terem preços mais baratos, e uma variedade incrível de produtos.
Se você se interessou por isso, e quer saber como comprar diretamente da China, esse post é para você. Seguindo o tutorial abaixo, vai ser muito fácil adquirir os produtos e, é claro, economizar uma grana no fim do mês.

Passo 1: pesquise sites que fornecem esse serviço.
Como é um pouco difícil ir na China e comprar coisas pessoalmente, o melhor jeito de fazer isso é por meio de sites. Existem vários deles, que normalmente apresentam todos os produtos, mas podem também ser focados em um ramo.
Sites como Aliexpress, DealExtreme, Focalprice, PriceAngels e PlayAsia são alguns exemplos, que normalmente oferecem até mesmo fretes grátis.

Passo 2: navegue e compre.
Depois de escolher o site que oferece o que é desejado, é só escolher os produtos e ir adicionando no carrinho. O site dará todas as instruções para que a compra seja realizada com sucesso, informando valores e mais informações que sejam relevantes.